Carnaval de Luzilândia: 5º Corso anima foliões e atrai multidão

Muita animação marcou o Corso 2018 em Luzilândia, a quinta edição aconteceu nessa terça-feira (13). O evento idealizado pelo Grupo Reboque de Cultura este ano homenageou o Carnaval do BC, e relembrou uma época de ouro do Carnaval de rua Luzilandense e foi sem duvida o melhor em todas as edições.

Grupo Reboque de Cultura- Foto Paula Andreas
Com animação e criatividade, os foliões encheram de cores e alegria mais uma vez as principais ruas e avenidas de Luzilândia, uma multidão, que não se intimidou em cantar e dançar sucessos atuais e as tradicionais marchinhas, este ano teve até uma música oficial para o evento, interpretada pelo artista da terra Edmílson Costa- O Machuca que fez bonito e representou bem os talento dos Luzilandenses.

O Corso de Luzilândia reuniu criatividade e folia. Heróis e personagens do cinema, filmes e desenhos animados deram as caras com fantasias inusitadas. Contudo, a festa foi bastante animada. Como já aconteceu nos últimos anos, que por meio dos apoiadores culturais mantiveram a tradição de uma das festas carnavalescas mais bonitas e tranquilas do norte do estado do Piauí.

O evento iniciou como previsto com a concentração na Praça São Francisco e seguiu pelas ruas da cidade até a Praça João José Filho, onde os carros alegóricos foram deixados, para que a folia seguisse até o local onde ficava localizado o BC (Avenida Presidente Vargas). Lá foram divulgadas as melhores fantasias Feminina, Masculina, Feminina infantil, Masculina infantil e melhor carro enfeitado. Três jurados estiveram entre os foliões e escolherão as fantasias de cada categoria. Após a divulgação, a folia continuou.

Todo o trabalho foi feito em conjunto. Com esforço de cada um dos integrantes. Sou apenas um grão. Nenhum de nós é melhor que todos juntos. O grupo Reboque agradece a todos e a todas pelo apoio. Comentou Paula Andreas umas das organizadoras do evento.


Um pouco da história do Carnaval de Luzilândia

O famoso Bar do BC pertencia à família Carvalho, tradicional família da cidade, e tinha como proprietário o Senhor Bernardo Carvalho, daí a sigla BC, a família conta que no começo do bar, eles faziam um baile de máscaras para a alta sociedade de Luzilândia, era um evento fechado, mas desde 1975 com a popularidade do baile, ele passou a ser aberto e animou os carnavais de Luzilândia até o ano de 2002, quando o bar foi fechado.

Desde o primeiro Corso a população participa em peso, e isso só mostra a credibilidade do evento. Tanto que as premiações simbólicas foram aumentando ao longo desses cinco anos e os apoiadores culturais também. Como o evento é sem fins lucrativos, são eles que garantem as premiações ofertadas no Corso.

As premiações e os vencedores:

Categoria 01 Carros 

“Cine Cactus”. R$ 500,00.

Categoria 02 Fantasia Infantil Masculina

“Smarf”. R$ 150,00.

Categoria 03 Fantasia Infantil Feminina

 “Samara- Morgan- O chamado”. R$ 150,00.

Categoria 04 Fantasia Feminina Adulta

“A domadora de leões”. R$ 200,00.

Categoria 05 Fantasia Masculina Adulta

“Predador”. R$ 200,00.

Foram usados critérios para avaliação: Fantasias, envolturas, interpretação e animação. As regras também valeram para os participantes dos carros alegóricos.


Fonte: Blog Na Mira da Mídia

. Anuncios

WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.08
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (1)
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (2)
WhatsApp Image 2021-07-22 at 3.35.17 PM
WhatsApp Image 2021-08-16 at 9.01.22 PM
png Super Vale (1)

© Blog Na Mira da Mídia | 2021 | Direitos Reservados

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61) 98440-4851