Jovem morre afogado nas águas do Rio Parnaíba em Luzilândia

“Só queremos enterrar meu irmão” diz irmã de jovem que morreu afogado em Luzilândia
Foto montagem: Clica Luzilândia
Na ultima quinta-feira (19), uma tarde de banho entre amigos no rio Parnaíba, em Luzilândia, terminou em tragédia. Segundo os amigos, o jovem Welton Alves Ferreira, 23 anos, se afogou ao pular da ponte Alberto Nogueira, que liga os Estados do Piauí e Maranhão. A família desde então enfrenta a angústia e expectativa  de encontrar o corpo, e reclama da falta de comprometimento do Corpo de Bombeiros nas buscas.
Segundo a irmã de Welton Alves, Daniele Fernandes, eles moravam no Rio de janeiro e o jovem estava há um ano vivendo em Luzilândia na casa de parentes. Na ultima quinta-feira, ele e amigos foram tomar banho no rio Parnaíba, ao pular da ponte, o jovem não emergiu mais. “Os meninos tentaram ajudar ele, mas ele afundou e sumiu, simplesmente desapareceu”, lamenta a irmã do jovem.
Daniele afirma que de lá do Rio de Janeiro tentou contato com a Companhia de Bombeiros do Piauí, que alegou ter enviado mergulhadores para o local para fazer buscas, mas a família nega. “Minha mãe, minha madrasta estão lá acompanhando, os bombeiros só chegaram lá na sexta, e eles não levaram mergulhadores, procuraram pelas margens e dizem que só procuram por seis dias, depois disso a chance de achar é pouca”, lamenta.
Os familiares também fazem buscas de barcos desde quinta-feira na esperança de encontrar o corpo de Welton, mas até agora nada. No ultimo domingo, uma foto com suposto corpo que apareceu na cidade de Magalhães de Almeida foi compartilhada na rede social WhatsApp, a família foi buscar as informações, mas era Fake news.
Daniele conta que ontem o corpo de bombeiros já não apareceu e a família continua na angustia por notícias. “Isso abalou a gente, pior é não termos notícias, e a indiferença com o caso, queríamos pelo menos enterrar ele, pelos menos amenizava essa dor”. diz a irmã do jovem.
Entramos em contato com 1° Batalhão de Bombeiros Militar do Estado do Piauí, em Teresina, que afirmam ter enviado uma equipe para procurar o corpo de Welton. Questionando sobre o uso de mergulhadores, eles disseram que entendem a situação da família, a angustia, e lamentam, mas dependendo do lugar o uso de mergulhadores é inútil porque o corpo desce com a correnteza. Sobre a continuidade das buscas, eles não souberam informar, e isso dependia de ordens superiores.
 Perigo de banhos em rios
A prática de banho no rio Parnaíba é laser para muitos jovens que se divertem nadando nas águas do velho monge. Porém a prática exige cuidados, porque oferece perigo aos banhistas, alerta o Corpo de Bombeiros. Não basta saber nadar, porque perigos como correntezas fortes não perceptíveis são capazes de causar afogamento e pedras no fundo do rio pode ocasionar acidentes e vitimar os banhistas.
 Fonte: Clica Luzilândia

. Anuncios

WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.08
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (1)
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (2)
WhatsApp Image 2021-07-22 at 3.35.17 PM
WhatsApp Image 2021-08-16 at 9.01.22 PM
png Super Vale (1)

© Blog Na Mira da Mídia | 2021 | Direitos Reservados

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61) 98440-4851