Projeto escolar em Luzilândia chama atenção por recriar conceitos filosóficos em paralelo as artes

A escola estadual Luís Teixeira em Luzilândia
se renova constantemente ao longo do ano e movimenta o corpo discente em busca
de novos conhecimentos através de projetos escolares.

Nesta terça-feira (19), nos turnos manhã e
tarde foi realizada a culminância de mais um projeto interdisciplinar,
Filosofarte propôs reconhecer a relevância da filosofia e
da arte dentro do contexto contemporâneo e social, afim de expandir o conhecimento
em sala de aula com o contexto artístico. 
 
O projeto FILOSOFARTE centrou sua atenção sobre uma proposta
dinâmica para o ensino de filosofia, contextualizando os conteúdos filosóficos
com as linguagens das artes poesia, pintura, música, dança, cinema, fotografia escultura e
arquitetura. O projeto surgiu da necessidade de aproximar alunos e o
conhecimento através das disciplinas, a fim de recriar conceitos
filosóficos em paralelo as artes. Dessa forma, entende-se que o ensino dos
conteúdos filosóficos pode levar ao desenvolvimento de uma postura autônoma em
sala de aula e na sociedade. Por isso, a arte e a filosofia possuem uma tarefa
substantiva para a formação educacional do ser humano, pois procuram despertar
o pensar crítico, a sensibilidade e uma postura cidadã no contexto social em
que vivemos.

O projeto foi realizado em duas etapas, a primeira correspondeu
a teorias filosóficas sobre cada um dos pensadores propostos, com atividades
semanais em grupos de pesquisa, onde foram lidos e debatidos textos, realizado
seminários, exposições sobre o tema de cada sala. Na segunda etapa, os
estudantes realizaram apresentações praticas no pátio da escola, cada turma
desenvolveu uma apresentação onde correlacionou um filosofo às artes,
apresentando ainda relatos critico-descritivos como forma de socialização das
linguagens de artes observadas. 
Os estudantes em cada turno demonstraram criatividade em
apresentações, compuseram poesias, apresentaram escultura viva, pintura
caricatural em tela e no corpo, exemplares de obras filosóficas, exposição de
fotografias em mural, escrituras antigas em papel estilo papiro, maquetes
enfatizando a arquitetura, pintura caricatural em muro, canto coletivo com
criticidade na letra, exposição cronológica de obras filosóficas e dança contemporânea. A
produção das apresentações dos trabalhos foi pensada e
realizada pelos estudantes com auxilio dos professores, o que favoreceu um crescimento
considerável do olhar responsável sobre o desenvolvimento do projeto,
como construção coletiva, centrada em uma metodologia participativa e
investigativa.

As etapas de desenvolvimento do projeto foram pensadas no
enfoque da práxis filosófica-artística, procurando estabelecer uma ligação
entre conteúdos e realidade, por meio da sensibilização, contextualização,
problematização, análise crítica dos conteúdos, debates e apresentação dos
trabalhos, a nível de socialização da pesquisa. Para isso, foi utilizado como fontes
norteadoras os filósofos Platão, Galileu Galilei, Voltaire, Santo Agostinho,
Aristóteles, René Descartes, John Lock, São Tomas de Aquino, Sócrates, Nicolau
Maquiavel, Immanuel Kant e Rousseau. 

O referido projeto contribuiu para a ampliação do olhar
filosófico e estético dos estudantes, dentro de uma postura cidadã
transformadora, a partir de uma proposta metodológica baseada no ensino de
filosofia e arte inserida na realidade contextual do ensino médio. 
O projeto constitui-se no exercício imprescindível de
auto-reflexão e, sobretudo, obra salutar a realização de um balanço crítico do
conjunto de experiências inseridas no contexto da escola pública. Vale
ressaltar a importância de compartilhar essa vivência tão significativa no que
tange a  contribuição para a educação dos alunos. 
“São a partir de inserções como esta no cotidiano dos alunos,
atividades ensino aprendizagem no contexto extra sala de aula, que surgem as
possibilidades para estabelecer uma relação de proximidade com os professores e
alunos, de modo que, tivemos a oportunidade de compreender essa dinâmica de
interatividade construtiva como expressão dialógica da constituição criativa do
saber, viabilizando os instrumentos (conhecimentos, metodologias, organização
do trabalho) que assegurem aos alunos uma apropriação das matérias referentes
aos estudos sobre os desdobramentos do pensamento filosófico”. Comenta
Ricardo Vale, professor idealizador do projeto.
No entanto, o projeto Filosofarte, teve ainda por objetivo
introduzir os alunos ao universo da narrativa mitológica dos gregos, explicando
os grandes temas relacionados às circunstancias da vida do homem no mundo.
Explicar as origens dos fenômenos naturais, os fatos sociais e o
desenvolvimento do comportamento humano, por meio de histórias fantásticas,
cujos personagens são heróis e deuses míticos. A expressão do pensamento mítico
da narrativa, foi o elemento responsável por construir uma ponte de passagem
para o advento do logus (racionalidade), e foi isso que os alunos do 3º Ano B
procuram repassar ai dramatizar o tão conhecido mito da caverna. 
“Esta perspectiva, surgiu com a ideia de trabalhar com a
arte no contexto expositivo da narrativa dos mitos, pois acreditamos que ela
pode cumprir um papel fundamental para que os alunos tenham melhores condições
de aprender os conteúdos da narrativa mitológica ao recriar os mitos quando os
incentivamos a dramatizar ou realizarem desenhos artísticos. A arte é um
importante instrumento de expressão da linguagem, capaz de contribuir com a
formação estética e cultural dos alunos, potencializando suas capacidades
cognitivas para despertar a sensibilidade da percepção; possibilidade da
expressão de sentimentos que aguçam a criatividade, despertando os sonhos
oníricos da imaginação”. Finaliza o professor. 
O trabalho contou com apoio das professoras Francisca Lima e Davlla  Aguiar, artes e filosofia respectivamente. Os alunos manifestaram grande entusiasmo com a atividade
artística, elaborando com muita atenção os desenhos de recriação lúdica da
narrativa mitológica. Desenvolvendo o trabalho em grupo, eles tiveram a
possibilidade de manifestar a expressão do espírito de cooperação. 
 Blog Na Mira da Mídia

. Anuncios

WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.08
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (1)
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (2)
WhatsApp Image 2021-07-22 at 3.35.17 PM
WhatsApp Image 2021-08-16 at 9.01.22 PM
png Super Vale (1)

© Blog Na Mira da Mídia | 2021 | Direitos Reservados

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61) 98440-4851