Família do prefeito Zé Filho pede proteção do Estado após ameaças

O Ministério Público do Estado do Piauí (MP-PI), por meio do promotor Carlos Rogério Beserra da Silva, instaurou ontem, quarta-feira (16/03/2022) Notícia de Fato para investigar denúncia feita pelo filho do prefeito Zé Filho (Progressistas), morto a tiros em novembro de 2021. Alandelon Araújo dos Santos afirma que ele e a família estão sofrendo ameaças e pede proteção do Estado.

Prefeito de Madeiro, Zé Filho

No requerimento protocolado junto ao MP-PI, o filho do prefeito argumenta que vem recebendo ameaças de morte por parte de um homem identificado como Nonato Cassimiro, tio de Felipe Anderson Seixas de Araújo, acusado de matar Zé Filho.

Segundo a denúncia, antes de ameaçar a família, Nonato Cassimiro já vinha ameaçando o prefeito Zé Filho. “O acusado já exibia arma de fogo carregada de munição em bares e outros ambientes onde ingeria bebidas alcoólicas dizendo que iria descarregar a munição contra o pai do informante [Alandelon] quando ainda vivo. O estranho é mesmo após o pai do informante ter sido assassinado por um sobrinho do acusado, este insiste em querer eliminar os demais membros da família do ex-prefeito. Desse modo, o que se verifica, após o assassinato do ex-prefeito de Madeiro, é que os demais membros de sua família viraram os novos alvos da família do assassino, tanto que não sentem nenhum medo em expor isso nas ruas da cidade de Madeiro”, consta no despacho do Ministério Público.

Alandelon dos Santos pediu ao Ministério Público a adoção de medidas eficazes junto aos órgãos de segurança pública do Piauí, solicitando a inclusão de sua família na lista de pessoas protegidas pelo Estado.

Também foi pedido o reforço na segurança ostensiva a fim de “tranquilizar ou ao menos amenizar em parte a sensação de insegurança no Município de Madeiro”.

Pedido de investigação

Diante disso, o promotor Carlos Rogério Beserra requisitou à Polícia Civil do Piauí que instaure investigação a fim de apurar supostas ameaças praticadas por Nonato Cassimiro, tio de Felipe Seixas. O representante do órgão ministerial também solicitou ao comando do 12º Batalhão da Polícia Militar informações sobre a possibilidade de aumento do efetivo policial na cidade de Madeiro e região, com objetivo de realizar rondas ostensivas, com enfoque na apreensão de armas de fogo.

Fonte: GP1

. Anuncios

WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.08
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (1)
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (2)
WhatsApp Image 2021-07-22 at 3.35.17 PM
WhatsApp Image 2021-08-16 at 9.01.22 PM
png Super Vale (1)

© Blog Na Mira da Mídia | 2021 | Direitos Reservados

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61) 98440-4851