Escola Luis Teixeira se destaca na aprovação de seus alunos em cursos renomados

O resultado
da primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (SISU) foi divulgado na
manhã desta segunda-feira (28) e o resultado do esforço e dedicação dos alunos,
já começa a aparecer. Milhares de estudantes da rede pública estadual estão
comemorando suas aprovações em diversos cursos, através do Exame Nacional do
Ensino Médio (ENEM), inclusive para os mais concorridos como Medicina.

Há alguns
anos atrás, era raridade entre os alunos principalmente os que estudam na rede
pública, a conquista de uma boa aprovação, especialmente nos cursos mais
concorridos. Mais desta vez foi diferente, pelo menos para os alunos da Escola
Luís Teixeira em Luzilândia.
A realidade tem mudado bastante e, ultimamente, os resultados são
outros. Entre os novos calouros, que passaram pelo Sistema de Seleção Unificada
(Sisu) para cursos como Medicina, Direito, Engenharia, estes através de uma boa
pontuação conquistaram suas tão almejadas vagas nas Universidades publicas,
algumas destas em estados vizinhos, outros, na capital. 
Todos
eles seguirão trajetórias diferentes, isso é fato. Mas partiram de um mesmo
ponto: A escola Luís Teixeira. São exemplos de superação, que pretendem mudar a
história da família a partir da educação.
Alysson
Alves, 16 anos, conseguiu aprovação para Medicina na UFMA, sonho este
conquistado com muito esforço e dedicação. Em busca da aprovação, Alysson fez
um curso preparatório no JM Cursos no último ano do ensino médio, mas conta que
muitas vezes preferia se dedicar às matérias sozinho, em casa.
 

Alysson Alves aprovado em Medicina.
Maria Adoniele, 17 anos,
estudou a vida todo em escola publica e sonhava em ser Advogada. Agora, deu o
primeiro passo para realizar o sonho: foi aprovada em Direito pela
UFPI. “Em relação à Maria Adoniele, tinha certeza que tinha um futuro
promissor. Fui professora da mesma na U.E. Pe. Jonas Pinto. Muito estudiosa e
dedicada”. Comenta a ex-professora de Adoniele Nelzuila Lima.
Alguns professores da
escola Luís Teixeira davam aulas extras por conta própria, para ajudar os
alunos no vestibular e em concursos. Como nos conta o professor Lucas
Brito: “Adoniele foi uma de minhas guerreiras ela disse pra mim. Professor
não tenho dinheiro pra cursinho, você pode me ajudar aos finais de semana? Eu
disse sim, você está disposta? Ela disse sim, deu tudo certo. Uniu o interesse
que ela tinha, com o repasse do conhecimento, e o resultado foi excelente, a
aprovação dela pra direito, tô muito feliz”!

Maria Adoniele, aprovada em Direito
Hyllan
Pedro garantiu uma vaga para cursar Bacharelado em Matemática pela UFPI. “Sem
sombras de dúvidas a escola tem papel crucial na nossa formação acadêmica,
principalmente, a nossa Unidade Escolar que tem ótimos profissionais ajudando e
muito os alunos na aprovação em vestibulares e no ENEM. Somente tenho a
agradecer os nossos professores que mesmo com a greve ajudaram e muito na nossa
caminhada estudantil”. Desabafa Hyllan.


Pamylla
Samara Martins Lopes, também de Luzilândia, foi aprovada para a UFAL-Alagoas.
Ela é 1º lugar de Engenharia Civil. Na mesma Universidade Roseane de Oliveira
Gomes garantiu vaga para Engenharia de petróleo. Segundo Roseane, “A
escola sem dúvidas foi peça fundamental nesse processo, tive ótimos professores
que sempre me auxiliavam quando dúvidas surgiam, porém estudar para um
vestibular tão concorrido como o ENEM exige um esforço maior. Foi aí que com
ajuda de meus pais, sempre me apoiando, que resolvi fazer um cursinho. O online
ajudou com as demais matérias, mas o presencial, JM CURSO, foi de suma
importância para obter uma boa pontuação na redação, além de ensinar história e
gramática”. De acordo a estudante, o esforço de professores e a equipe
pedagógica foram fundamentais para permitir a aprovação. 

Roseane 
Gomes garantiu vaga para Engenharia de petróleo
Pamylla  Lopes, foi aprovada em Engenharia Civil

Igor André
Araújo de Santana conquistou uma vaga pra cursar Engenharia Agronômica-UESPI.
Filho de sargento aposentado, Igor relata que não estava seguro da aprovação.
“Muitos têm condições para fazer um cursinho, eu tinha e fiz. Mesmo assim tive
que estudar muito, me dedicar, diz. O (aspecto) psicológico de um garoto da
escola pública é muito diferente do de alguém que estuda em uma particular.
Alguns alunos têm muito pessimismo em relação a si mesmo e não acreditam que
conseguirão. Então, sonham pequeno. A universidade tem certo elitismo. E um dos
papeis principais da escola é incentivar os alunos, mostrar que eles são
capazes”, Igor também foi aprovado em Direito numa bolsa parcial em São Luís,
mas relata ainda não saber qual destes irá cursar. 


“O
resultado foi positivo, porque é muito diferente o ensino de uma escola pública
do de uma particular. Estou feliz, pelos resultados alcançados por nossos
alunos”. Comentou o Professor Chaguinha

. Anuncios

WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.08
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (1)
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (2)
WhatsApp Image 2021-07-22 at 3.35.17 PM
WhatsApp Image 2021-08-16 at 9.01.22 PM
png Super Vale (1)

© Blog Na Mira da Mídia | 2021 | Direitos Reservados

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61) 98440-4851