Aluno Luzilandense disputa semifinal da Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa

O estudante luzilandense Kalleo Klark Buenos Aires Carneiro, de 10 anos, aluno do 5° ano da Unidade Escolar Tia Zuleide foi classificado para a semifinal da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa. O estudante concorre na categoria “Poema”, é dele um dos dois poemas escolhidos entre os 99 que disputaram a etapa estadual. Se passar, o luzilandense será finalista da etapa nacional, representando o Piauí.
Para chegar à semifinal do concurso, Kalleo Klark concorreu com os alunos da própria escola na etapa escolar, de outras escolas na etapa municipal e agora de outras cidades na etapa estadual, sendo selecionado como semifinalista da etapa regional. Os concorrentes tinham como proposta escrever uma poesia sobre o tema “O lugar onde vivo”. Ele criou então o poema “O lugar onde moro” exaltando as belezas de Luzilândia, seu cotidiano e costumes. (leia o poema na íntegra ao fim da matéria).
O estudante é filho da professora, já falecida, Lucirene Buenos Aires de Oliveira, e é um ótimo aluno, elogia  a professora Léia Prado, que o inscreveu e facilitou as oficinas realizadas em sala com os alunos que participaram do processo. “Ele é um aluno ávido por leitura, e apesar da idade já tem um senso crítico bastante aguçado sobre o que ler. Compromissado, curioso e questionador. Todas essas qualidades se refletem nas excelentes notas que ele tira”, afirma a professora.    
Ao todo, 443 produções de todas as categorias foram selecionadas para as semifinais (regionais) em todo o Brasil. Destes, serão escolhidos 135 finalistas e seus professores para a etapa nacional que acontece em São Paulo. Esses terão as despesas referentes a transporte, estadia e alimentação, necessárias para viabilizar suas participações, custeadas pela organização da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. Ao final do Encontro Nacional serão anunciados os 20 (vinte) vencedores nacionais, considerando os primeiros quatro colocados em cada categoria.
A Olimpíada é uma iniciativa do Ministério da Educação e do Itaú Social, com coordenação técnica do CENPEC, a Olimpíada integra as ações desenvolvidas pelo Programa Escrevendo o Futuro.
Veja o Poema Classificado
Título: MORO EM UMA CIDADE… (Autor: Kalleo Klark Buenos Aires Carneiro)
Moro em uma cidade
Que até no nome tem luz
E é na época do Natal
Que a esse nome mais faz jus.
Cheia de luzes natalinas,
Luzilândia, como é chamada,
Parece uma constelação
De tão iluminada!
Moro em uma cidade
Com um rio muito importante.
Ele mata a sede e a fome
De todos os seus habitantes.
Sendo assim então,
Estou certo que não há
Lugar melhor no mundo
Pra sobreviver e morar.
Moro em uma cidade
Onde o braço do rio Parnaíba
Abraça peixes que todo ano
Vêm rio abaixo, rio arriba,
Encontrar com pescadores,
Com seu João e seu José,
Com Antônios e Franciscos,
na barragem do igarapé.
Moro em uma cidade
De um povo trabalhador,
Onde a profissão mais popular
É a de pescador.
Que ao lançar a rede,
Buscando o pão de cada dia
Faz movimentar também
A nossa economia.
Moro em uma cidade
Bonita por natureza.
São vários cartões-postais
Que mostram essa beleza:
Monumento do Pescador
E Igreja de Santa Luzia
Representam nossa cidade
Em belas fotografias.
Moro em uma cidade
Onde a paisagem se transforma.
Na estiagem, bancos de areia
No meio do rio ganham forma.
E na margem, o Porto das Pedras,
Antes coberto pela enchente,
Ressurge, como que dizendo:
“Eis-me aqui novamente”.
Moro em uma cidade
Com um calçadão no mercado
Onde vendedores ambulantes
Armam barracas pra todo lado.
Principalmente às sextas-feiras,
Das bancas sai a mercadoria
Que abastece a geladeira
E a casa da dona Maria.
Moro em uma cidade
Que tem festa o ano inteiro:
Festejos de Santa Luzia,
De São Francisco, de São Pedro.
Fevereiro é carnaval,
Junho e julho, São João.
Março é aniversário
De sua emancipação.
Moro em uma cidade
Onde xote, baião e forró,
Tradicionalmente embalam
O vovô e a vovó.
No Centro dos Idosos,
O baile da melhor idade
Desatrofia as “juntas”
E ainda traz felicidade.
Moro em uma cidade
Cujo hino tem um refrão
Que é um verdadeiro
Canto de exaltação!
Encantado, canto a canção
Do lugar onde nasci:
“Luzilândia, berço amado…
 Rainha do Piauí”.

Fonte: Clica Luzilândia

. Anuncios

WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.08
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (1)
WhatsApp Image 2021-07-17 at 07.59.09 (2)
WhatsApp Image 2021-07-22 at 3.35.17 PM
WhatsApp Image 2021-08-16 at 9.01.22 PM
png Super Vale (1)

© Blog Na Mira da Mídia | 2021 | Direitos Reservados

Desenvolvido por: Nichollas Castro (61) 98440-4851